Home > Notícias > MÃE DE DEUS - Processo de adicional noturno devolverá R$ 10 milhões à categoria

07/06/2018 - MÃE DE DEUS - Processo de adicional noturno devolverá R$ 10 milhões à categoria

"Um Sindisaúde-RS combativo, com transparência e organização". Essa foi a promessa de campanha da gestão, e dia após dia a estamos cumprindo. Ontem (06), nossa diretoria começou os pagamentos do processo de prorrogação de adicional noturno aos trabalhadores do Hospital Mãe de Deus, que beneficiará mais de 3500 colegas e devolverá a eles cerca de R$ 10 milhões até o final do ano. Além dos valores deste processo, nos últimos quatro anos o sindicato já devolveu à categoria representada em todo o Estado R$ 58 milhões.

A nossa luta acontece em todas as esferas. E para mantermos essa força que o Sindisaúde-RS sempre teve, precisamos de você! A Reforma Trabalhista cortou mais de metade de nossas receitas. Por isso, associe-se! Aproveite, porque agora você pode fazer o processo totalmente online - clique aqui!

Pagamentos ao 1º grupo ocorreram ontem, no auditório do hospital, entre 06:30 e 8:00 e 17:30 às 19:00

Pagamentos de ontem

O primeiro grupo, com 198 trabalhadores, teve dois turnos para comparecer ao auditório do hospital e retirar os cheques com os valores correspondentes. A partir de agora, quem não pôde comparecer deve se dirigir até a sede do Sindisaúde-RS, na Rua João Guimarães, 37, onde os valores ficarão disponíveis na tesouraria, mediante apresentação de documento oficial com foto. 

Os grupos seguintes terão a sua data de pagamento divulgada aqui no site e em nossa página do Facebook. Mantenha-se informado.

Os diretores Júlio Duarte (ao fundo) e Julio Jesien foram os responsáveis pelos pagamentos de ontem

A dra. Samara Ferrazza (de vermelho), que foi a principal responsável pela assessoria jurídica do processo, acompanhou a diretoria

O processo

Foram dois anos de muita luta judicial para obter essa grande vitória. O sindicato começou a trabalhar no processo em março de 2015, e divulgou à categoria a vitória na Justiça em maio de 2017.

O processo diz respeito à prorrogação da jornada noturna feita pelos trabalhadores e que não era paga pelo hospital. Já em meio à discussão na Justiça, o Mãe de Deus incorporou na folha de pagamento de todos os funcionários essa diferença no cálculo.

Os mais de 3500 colegas beneficiados estão divididos em 12 grupos (confira a lista geral aqui) para o recebimento dos valores, que serão pagos periodicamente até o final do ano

Condições para integrar a ação

- Ser (ou ter sido) empregado do hospital na unidade “Hospital Mãe de Deus” no período de 21/10/2009 a 15/12/2015, no turno da noite, ou seja, em jornada noturna e/ou prorrogada após as 5:00 (cinco horas da manhã)

e

- Estar com contrato de trabalho ativo ou ter tido seu contrato de trabalho rescindido até a data de 21/10/2012, que equivale ao período-limite de dois anos que antecedem a data da propositura da ação (ação proposta em 21.10.2014).

Se você atende às condições previstas acima, mas não está na lista geral, contate a diretoria do sindicato, via WhatsApp, pelo telefone  (51) 9 9586 4021. Esse canal é exclusivo para informações sobre o processo de adicional noturno do Mãe de Deus.